História

[Ampliar a foto]
Flavigny-sur-Ozerain (vista geral)

Flavigny-sur-Ozerain (vista geral)

A Abadia de São José de Clairval encontra-se em Flavigny-sur-Ozerain, localidade medieval da Borgonha que, desde o século VII até à Revolução Francesa, foi sede de uma Abadia beneditina. Desta famosa Abadia só restam os edifícios do século XVIII, e a magnífica cripta carolíngia.

A cripta carolíngia

Cripta carolíngia (século VIII)

Estes edifícios albergam actualmente a fábrica dos famosos caramelos os Anis de Flavigny; trata-se de uma empresa familiar absolutamente independente da Abadia de São José de Clairval (instalada no antigo Seminário Menor diocesano).

O Seminário Menor aquando da chegada da comunidade

O Seminário Menor aquando da chegada da comunidade

Fundada na Suiça em 1972, a Abadia de São José de Clairval instalou-se em 1976 no antigo seminário menor de Flavigny. É como recordação dos seus primeiros anos na Suiça que a Abadia conserva o nome de Clairval.

[Ampliar a foto]
Vista aérea da Abadia com o povoado ao fundo

Vista aérea da Abadia com o povoado ao fundo

Em 2 de Fevereiro de 1988, na festa da Apresentação do Menino Jesus no Templo, a comunidade obteve o reconhecimento canónico do bispo de Dijon como mosteiro beneditino de direito diocesano.

A fachada actual da Abadia

A fachada actual da Abadia

Em 1992 o mosteiro foi erigido em Abadia a pedido da Santa Sé e, em 21 de Março do mesmo ano, teve lugar a sagração abacial do seu fundador, Dom Augustin Marie Joly, chamado para Deus em 16 de Janeiro de 2006, com a idade de 89 anos.

Brasão do Abade fundador

« Sint unum »
(se um)

Brasão do Abade fundador

O Abade actual, Dom Antoine Marie Beauchef, recebeu a bênção abacial, em 26 de Setembro de 1998. A comunidade conta actualmente, com uma cinquentena de membros.

[Ampliar a foto]
A comunidade

A comunidade